eng / port

Voltar
ARTRIO 2015 | 03-09-2015

A Galeria Rabieh tem o prazer de anunciar sua primeira participação na ARTRIO – Feira Internacional de Arte do Rio de Janeiro. A galeria apresenta em seu estande I8, no Armazém 3, obras dos artistas Katja Loher, Cris Bierrenbach, Sonia Guggisberg, Denise Milan, Andrea Rocco, Eduardo Srur e Ronaldo Grossman.

A suíça Katja Loher (Zurique, 1979) cria videoesculturas complexas; são peças compostas por vídeos apresentados em dispositivos que fogem do modelo tradicional de tela retangular, de forma que o suporte passa a ser tão constitutivo da obra quanto a imagem ou o áudio. De caráter onírico e engajado em questões ecológicas, seu trabalho é desenvolvido através de uma linguagem lisérgica, recurso utilizado para acentuar a tensão entre seu universo ficcional e a realidade opressiva. Sua produção possui uma forte vocação interdisciplinar e performativa, o que é evidente pelo uso de coreografias, rigorosamente registradas a partir de vistas aéreas.  Katja Loher realizou exposições individuais nos Estados Unidos, Europa, e Ásia, e sua obra se destaca em diversas coleções institucionais, como a do Banco Credit Suisse (Suíça), Galleria Comunale D’arte Contemporânea (Itália), The Horsecross Collection (Inglaterra) e NArts collection (Japão). A artista vive e trabalha entre Nova York e Basel (Suíça).

Cris Bierrenbach (São Paulo, 1964) é uma das pioneiras no Brasil do que podemos chamar de fotografia no campo expandido. Seu trabalho inclui vídeo, performance, instalação e pesquisa sobre técnicas de impressão fotográfica do século XIX, com ênfase na produção de daguerreótipos. Já apresentou individuais e participou de coletivas no Brasil, Alemanha, Bélgica, Estados Unidos e Cuba, entre outros, e recebeu inúmeros prêmios, como o Porto Seguro de Fotografia (2004), Prêmio Aquisição Centro Cultural São Paulo (2009) e Marc Ferrez de Fotografia e Arte Contemporânea da Funarte (2010). Possui obras nas coleções do MASP, MAM-SP, MAC-SP e Maison Européenne de la Photographie, entre outros. Na ARTRIO, apresenta obras realizadas ao longo de dez anos, de 2004 a 2013, em diversos suportes – uma excelente oportunidade para tomar contato com a versatilidade de seu trabalho.

A suíço-brasileira Sonia Guggisberg (São Paulo, 1964) está preparando sua próxima exposição na Galeria Rabieh, com abertura dia 24 de setembro. Na feira, ela apresenta uma obra inédita, em impressão fotográfica sobre alumínio, criada a partir de um vídeo também inédito de sua individual. Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC SP e Mestre em Artes pela Unicamp, Guggisberg atua como artista, videomaker e pesquisadora, participando de mostras coletivas e individuais, palestras e workshops no Brasil e no exterior desde a década de 1990. Já realizou dezenas de exposições individuais e, além do Brasil, seus trabalhos foram exibidos nos Estados Unidos, Alemanha, México, Colômbia, Espanha e França. Possui obras no acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo, MAC USP, SESC SP, Instituto Figueiredo Ferraz e Museu Lasar Segal, entre outros. Em 2014, foi contemplada com o Prêmio Brasil de Fotografia (Porto Seguro).

 Denise Millan (São Paulo, Brasil, 1954) é uma artista multidisciplinar, com ênfase em escultura, e uma das articuladoras do movimento Arte Pública no Brasil. Ela utiliza pedras típicas do país como seu principal eixo criativo, desenvolvendo uma ampla produção para espaços públicos, seja em escultura, teatro, poesia, impressão ou videoarte. Milan já expôs em uma grande variedade de instituições no Brasil, Londres, Nova York, Washington, Chicago, Hannover, Chapingo, Hakone, Osaka, Taiwan e Paris. Na ARTRIO, apresenta obras em pedra da série Quartzoteca e colagens em alumínio da série Estrelas. A partir de 11 de setembro, suas obras também poderão ser vistas no Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro, como parte da primeira edição da TRIO – Bienal Tridimensional do Rio.

Andrea Rocco (São Paulo, 1977) é graduada pela Santa Marcelina e FAAP – nesta última, realizou um curso de especialização, bem como na Parsons School (Nova York). Rocco explora diversas técnicas, como pintura, aquarela e colagem, para criar seu universo próprio, muitas vezes assemelhado a um gabinete de curiosidades. Sua produção, às vezes irônica, tenta recuperar certa infância da expressão a partir da elaboração de imagens próximas as ilustrações de livros infantis antigos, muitas vezes em uma relação idealizada com a natureza. Figura humana e animais são apresentados de formas muitas vezes inversas – os animais em posições encenadas e as figuras humanas com naturalidade –, apontando sutilmente para o quanto de cultural existe em nossas representações do universo natural e para o quanto de instintivo há no humano. Na feira, apresenta trabalhos sobre tela e sobre papel realizados nos últimos anos. 

Eduardo Srur (São Paulo, 1974) é conhecido principalmente por suas intervenções urbanas, pelas quais busca chamar atenção para problemáticas sociais e ambientais, além de diluir as fronteiras entre arte e vida. Para Srur, a cidade é o seu laboratório de pesquisa para a prática de experiências artísticas: autor do livro Manual de Intervenção Urbana, realizou diversas ações em cidades brasileiras, como São Paulo e Brasília. Participou de várias exposições coletivas e individuais no Brasil e exterior, em países como Cuba, França, Suíça, Espanha, Holanda, Inglaterra e Alemanha. Na ARTRIO, está presente com dois objetos: A arte salva, derivada de uma intervenção realizada em 2010 em Brasília, e Iogue, uma personagem sobre um trampolim oriunda de uma intervenção realizada nas pontes do Rio Pinheiros (São Paulo) em 2013. 

Ronado Grossman (Rio de Janeiro, 1972), por fim, participa da feira com pinturas sobre papel, trabalhos de grande precisão técnica e minucioso processo criativo compostos por delicadas linhas coloridas feitas à mão. O artista iniciou sua formação na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e, em 1991, após se mudar para Portugal, estudou na Escola Superior de Belas Artes e também na Escola Arco. Em 2003, voltou para o Rio de Janeiro onde, em 2005, fundou a Galeria Novembro Arte Contemporânea, a qual dirigiu até 2009. Desde seu desligamento da galeria, tem se dedicado integralmente à produção artística.

 

ARTRIO  | estande I8 – armazém 3

Preview para convidados: 09 de setembro, quarta-feira

Visitação: 10 a 13 de setembro

Qui - sáb, 13h – 21h | dom, 13h – 19h

Pier Mauá | Rua Rodrigues Alves, 10 | Rio de Janeiro